BGS 2018 – Entrevista Carlos Buarque Intel Br

No último dia 08 de outubro de 2018 a Intel apresentou a 9º geração de Processadores Intel® Core™. 

O melhor já produzido pela Intel para gaming.  Aliás, eles já estão em pré-venda e com chegada ao mercado brasileiro em novembro deste ano.

O anúncio faz parte de uma série de lançamentos de processadores para desktop, que, certamente oferecem avançados recursos de desempenho. Os novos modelos chegam para atender à diversas necessidades dos consumidores, desde jogos até a criação de conteúdo.

Anand Srivatsa, vice-presidente e gerente geral para desktop, sistemas e canais do client computing group da Intel afirmou: “Nossa meta é entregar desempenho de ponta para todos os tipos de computadores e linhas de produtos. Seja para um gamer, um criador de conteúdo ou mesmo, um especialista.”

Caracteristicas

  • Possibilitar mais de 220 FPS.
  • Com a frequência single-core de até 5.0 GHz do Intel Turbo Boost Technology 2.0, os gamers podem curtir seus jogos preferidos com até 11% a mais de FPS conforme necessário.
  • Captura game play, transcodificação e streaming enquanto disputa uma partida.

Carlos Buarque

Tivemos a oportunidade de conversar sobre essas novidades com Carlos Buarque, Diretor de Marketing da Intel Brasil.

Carlos Buarque - Diretor de Marketing Intel Brasil
Carlos Buarque – Diretor de Marketing Intel Brasil
Grupo Nerd

Com o lançamento desses novos processadores, o que teremos de novidade para o universo gamer?

Carlos Buarque

Olha, nós acabamos de anunciar a 9º geração de Processadores Intel® Core™ essa semana e esse é, inegavelmente o grande lançamento da Intel para esse mercado. Nós fizemos o anúncio dessa família, focando o público gamer.

E um dos destaques, é esse processador novo Core I9-9900K que é um processador de 8 núcleos, que chega até 5 Ghz de clock. Então é um processador muito legal para o gamer e para o entusiasta de tecnologia. Ele possui um processamento por núcleo super poderoso.

Para quem vai jogar, não há a necessidade dos 8 núcleos, mas hoje nós observamos que a pessoa não está apenas jogando, pois além de jogar ela está gravando, stremando, vendo vídeo, ou seja, está fazendo uma série de outras atividades ao mesmo tempo e é super importante que ela tenha um processador super potente com bastantes núcleos para os devidos processos.

Grupo Nerd

Qual é o pulo computacional da 8º para a 9º geração destes processadores?

Carlos Buarque

Nós estamos falando de um ganho de desempenho comparando um processador de 8º para 9º para jogos em torno de 11%, mas sendo bem sincero, depende do tipo de aplicação a ser executada pelo usuário.

Grupo Nerd

Na verdade, vai depender do conjunto da obra, ou seja, o restante da máquina tem que ser compatível com o processador, afim de que o mesmo atinja a sua performace plena, correto?

Carlos Buarque

O que você falou é verdade, não basta pensar apenas no processador, é necessário verificar qual o objetivo de uso do computador (jogar, renderizar, vídeos, ou simplesmente navegar na internet), e assim avaliar todos os componentes a serem adquiridos para essa máquina: processador, storage, placa de vídeo, placa mãe. Dessa maneira, será possível otimizar o desempenho do PC para a(s) aplicação(ões) que usuário deseja usar.

Grupo Nerd

Todavia, os processadores de 9º geração são compatíveis com as placas de 8º geração?

Carlos Buarque

Essa é uma boa pergunta. Os processadores de 9º geração são compatíveis com as placas de 8º geração, então é legal verificar com o suporte da fabricante da placa mãe. A pinagem é a mesma, assim, fica mais fácil que o entusiasta possa migrar para a 9º geração.

Grupo Nerd

E quando esses produtos estarão disponíveis para o consumidor final?

Carlos Buarque

Acabamos de anunciar essa geração no dia 08/10 e nas próximas semanas já começam a chegar os processadores no Brasil.

Grupo Nerd

Também estão chegando novos processadores para servidor?

Carlos Buarque

Também foi anunciado processadores para workstation. Chegamos a apresentar um processador que possui até 28 núcleos, é um verdadeiro canhão, para se usado em aplicações em estações de trabalho, processamento gráfico, que rodam bem paralelamente em vários núcleos. Além disso vem o restante da família em processadores subsequentes, para notebooks, desktops main stream e afins.

Grupo Nerd

A pergunta que dói. Quanto vai custar esse novos produtos aqui no Brasil?

Carlos Buarque

[Risos] Bom, infelizmente ainda não tenho a estimativa de preços dos processadores para o mercado brasileiro, mas esse novo processador Core I9-9900k, ele entra em uma faixa de preço diferente. Os Core I9 anteriores eram muito focados no sistema High-end, para quem vai fazer um processamento paralelo pesado. Contudo, esse novo não, ele já vai entrar num press-point mais baixo para pegar esse público que é o cara entusiasta de tecnologia, que monta o seu computador, mas que não precisa de todo o poder de 28 núcleos de processamento.

Nota do Redator

Um Core I9-990k deve dar conta de rodar “Monster Hunter World” ou mesmo o “Anthem” em 4k no talo, e fazer uma live com mais três amigos.
Melhor começar um Kickstarter para o meu novo PC agora.
E ai, vai me ajudar?

Fonte

Intel
Carlos Buarque